fbpx

Criei minha loja virtual, e agora? O que faço pra vender?

Se você já teve a iniciativa de criar seu espaço de vendas online, saiba que esse é um ótimo começo e você fez a escolha certa. A internet tem se tornado nos últimos anos, o ambiente ideal para quem deseja divulgar sua marca, e respectivamente conquistar também sua persona, seu público alvo e cliente. 

Por meio de uma loja virtual você poderá administrar seu próprio negócio, gerenciar mercadorias, vendas, entregas, pedidos, os meios de pagamento, produzir layouts, entre outros recursos. Mas para isso é necessário seguir alguns passos importantes para começar a vender:

1) Registro de domínio

É relevante que você registre um domínio da sua empresa, pois quem for procurar pela sua loja vai achar mais rápido digitando o nome na barra de endereço ou no Google após a indexação.

Quando se ativa um domínio, você passa a receber relatórios de visitação e feedbacks das pesquisas dos clientes em sua loja virtual. Além disso, o registro de domínio possibilita a criação de e-mails profissionais, por exemplo: atendimento@suaempresa.com.br. São detalhes que fazem toda a diferença no relacionamento com o cliente.

Registre o domínio da sua loja virtual, como por exemplo, (www.SUAEMPRESA.com.br) ou (www.suaempresa.com), entre outros finais, é simples e fácil de ser feito, além de você pagar pouco. Existem vários tipos de hospedagem de domínios diferentes, alguns exemplos são:  (.net), (.org), (.info), (.cm.PT), (.co), entre outros, basta o lojista pesquisar e escolher o melhor.

Algumas dicas são:

  • Escolha uma combinação que seja mais fácil de lembrar;
  • Seja Mobile-Friendly;
  • Pode adicionar palavras-chave; 
  • Escolha nomes que possam viralizar;
  • Selecione a extensão certa.

2) Ajuste o layout da sua loja virtual

O Layout da sua página deve ser simples, e que seja atraente aos olhos do cliente, para que não chame mais a atenção do que os produtos da loja virtual. Por isso é importante a escolha de um bom profissional para cuidar dessa parte. Algumas plataformas oferecem a possibilidade de personalizar profissionalmente a sua loja com baixo investimento.

É importante também que o lojista pense em investir em algum tema para a loja virtual, caso ele escolha uma plataforma que já tenha layouts prontos.Você poderá se deparar com uma enorme variedade de design, mas é legal pesquisar, explorar, analisar e comparar algumas possibilidades, fazer simulações. 

3) Comece a divulgar sua loja

Não é somente abrir a loja virtual e esperar que os clientes apareçam. Não funciona dessa forma, por isso é tão importante investir em marketing, seja em redes sociais, anúncios patrocinados, SEO, marketing de conteúdo, e-mail marketing, ou outras estratégias e ferramentas que preferir.

Não existe uma receita mágica, você pode testar e ver qual funciona melhor para a sua loja virtual. Conheça duas ferramentas de marketing que podem te ajudar nos próximos passos:

a) Google Ads: A ferramenta mais utilizada para se fazer anúncio, e a cobrança é feita por CPC (custo por clique). A plataforma mostra a página do produto para as pessoas que estão procurando com palavras chaves relacionadas com o anúncio.

b) Facebook Ads: Outra ferramenta bastante utilizada para divulgação de anúncios da sua loja virtual e para manter relacionamento com o cliente. É necessário criar uma FanPage para a empresa e segmentá-la de acordo com as características do público-alvo. O Facebook te proporciona uma ótima experiência na área do e-commerce e fazer excelentes anúncios onlines que podem impactar diversos usuários de todo o Brasil

4) Tenha um bom atendimento

Agora que você tem uma loja virtual totalmente personalizada, com uma apresentação profissional impecável, e o marketing conseguindo trazer visitantes para sua página, está na hora de atendê-los com excelência. Conheça alguns canais:

a) Chat online: Ter um chat online em seu e-commerce ajudará o cliente que já está navegando e conhecendo seu negócio, em apenas um clique poderá tirar dúvidas sobre seus produtos, ou questionar uma entrega, por exemplo..

b) E-mail: Crie um e-mail com seu domínio e responda  todos os seus clientes, não importa qual seja a demanda. Tenha o costume de colocar seu nome nas respostas, pois a pessoa sabe quem atendeu e quem ela irá procurar caso precise de algo.

Essas dicas são para você que ainda não criou a sua loja virtual, e prefere investir em outros formatos mais simples de divulgação, mas que seja de confiança e traga resultados.

A Webstore é uma plataforma de e-commerce especialista e parceira da Lambda que está há mais de 12 anos no mercado, atendendo lojistas em todo o país, com mais de 300 recursos e uma base de conhecimento que pode ajudar a sua loja a crescer!