Como cobrar mais dos seus clientes de gestão de tráfego

Existem ferramentas do Google que todo gestor de tráfego deveria conhecer, elas servem para aumentar seus resultados e com isso você poderá cobrar mais pelos seu serviço.

SITUAÇÃO 1

Você atende um e-commerce de equipamentos para motos a alguns anos.

As vendas vão bem no Google Ads, que é de onde vem a maior parte do faturamento do negócio.

Você sabe que esse e-commerce possui um blog com alguns artigos sobre como escolher um bom mecânico, de quanto em quanto tempo é necessário lubrificar a corrente da moto, como escolher o melhor tipo de pneu, vale a pena fazer as manutenções na concessionária, e outros artigos relacionados.

São artigos completos e de boa qualidade, mas você nunca deu muita bola pra eles.

Depois de anos trabalhando com este cliente você aprende a utilizar o Google Search Console e descobre que esse simples blog era responsável por trazer mais de 5 mil visitas mensais ao site.

É neste momento que você percebe quanto resultado você deixou de gerar para este cliente por não saber desta informação.

Você poderia ter aproveitado o poder destes artigos e fazer campanhas na rede de pesquisa para responder as dúvidas do público com estes materiais. Assim você criaria públicos de ótima qualidade para fazer remarketing na rede de Display e no Facebook Ads, aumentando o faturamento do e-commerce de forma expressiva.

Este aumento de faturamento poderia abrir espaço até para uma renegociação do seu contrato para um valor maior, pois agora os resultados em vendas são bem maiores que antes.

Mas você perdeu esta oportunidade durante anos de trabalho com este cliente simplesmente por não dominar o Google Search Console.

SITUAÇÃO 2

Imagine que uma pessoa viu um anúncio do seu cliente, de uma campanha que você configurou no Facebook mas não converteu na hora.

Em seguida essa pessoa vai procurar sobre a empresa do seu cliente no Google, e clica em um anúncio da campanha institucional que você criou para este cliente.

Navegando no site do seu cliente esta pessoa converte como um lead.

Se você olhar no gerenciador de anúncios do Facebook, ele vai contabilizar uma conversão, mas se você olhar na campanha institucional no Google Ads também terá uma conversão marcada lá.

E agora? Qual canal está contribuindo mais para a geração de leads do seu cliente? Qual canal você deve investir mais? Como justificar a priorização de um canal específico para o seu cliente?

Sabe como você vai conseguir as respostas destas perguntas? Aprendendo a utilizar o Google Analytics, para analisar as suas conversões com a partir de modelos de atribuições diferentes, e definir a importância de cada canal na jornada do cliente.

Estas duas situações acima são apenas alguns exemplos das utilidades destas ferramentas para o gestor de tráfego,

Entender, pelo menos o básico, de Google Analytics, Google Tag Manager, Google Data Studio e Google Search Console te torna um profissional muito mais valioso no mercado.

Isso te possibilidade gerar mais resultados para seus clientes e cobrar mais pelos resultados gerados.

E eu acho que você gostaria de poder cobrar mais pelos seus serviços como gestor de tráfego, né?

Agora que você viu alguns exemplos práticos de como o conhecimento destas ferramentas pode te ajudar, no próximo e-mail vou te mostrar qual a melhor forma para você aprender mais sobre elas.